Goiânia ocupada 14º posição no índice de cidades empreendedoras da Endeavor Brasil

Como vem se tornando costume, todo final de ano a Endeavor Brasil, realiza a pesquisa para desenhar o ICE – Índice de Cidades Empreendedoras, uma forma de mensurar ou definir qual a cidade que possui as melhores condições para que o empreendedor possa levar aquele seu sonho a diante com sucesso.

Para tanto a Endeavor Brasil, desenhou um framework para auxiliar na pontuação destas cidades e na definição deste índice. São 7 fatores os determinantes para o posicionamento de cada cidade, eles são: Ambiente Regulatório, Infraestrutura, Mercado, Acesso a Capital, Inovação, Capital Humano e Cultura.

Neste ano a cidade de Goiânia ocupou o 14º lugar dentre as 32 cidades participantes do ICE, diferentemente de 2014 quando esteve em 8º lugar, quando na época participaram um total de 14 cidades. Proporcionalmente falando a cidade de Goiânia conseguiu melhorar sua posição durante o período, mas ainda vem se mostrando muito abaixo dos grandes polos de empreendedorismo, como São Paulo e Florianópolis que seguem figurando nas primeiras posições.

Compreenda abaixo um pouco de cada critério utilizado e qual a posição ocupada por Goiânia para cada um deles:

Ambiente Regulatório – 32º
Goiânia é destaque em ser a cidade com o pior ambiente regulatório.  Definido pelas regras ou obrigações que todo e qualquer empreendedor deve passar. Considerando tempo, burocracia, complexidade e todos os fatores que envolvem a conjuntura legal do empreendimento.

Infraestrutura – 29º
Quais as condições urbanas oferecidas para a existência desta empresa, entram nesse item dados como: Preço médio do m², custo de energia elétrica, distância ao porto mais próximo e acesso a internet.

Mercado – 21º
Como o mercado econômico onde sua empresa esta inserida esta agindo? Dados como PIB, exportações e principais clientes consumidores norteiam este marcador.

Acesso a Capital – 29º
Definido pelo acesso a capital disponível via divida publica ou investidores de risco.

Inovação – 29º
Em tempos atuais, inovação é o único modelo que pode levar sua empresa a frente, com isso dados como investimento em P&D, recursos públicos via BNDES e FINEP dão visão a quais os estados mais inovadores.

Capital Humano – 23º
Relacionamento formado com base em registros do IDEB, notas do ENEM e a proporção de adultos com o ensino superior ajudam a compor o resultado para esta temática.

Cultura –
E por fim mas não menos importante, cultura, que puxou Goiânia para um patamar superior a ter a terceira colocação. Definido basicamente por quão motivadas estão as pessoas a empreender, como enxergam a possibilidade de oportunidade para um novo negocio e quanto são proativas e criativas.

Que baixar a pesquisa completa?
Acesse o site da Endeavor aqui e faça o download.

Comentários